Veja quais são os exercícios mais indicados para cada fase da gravidez e seus benefícios

Texto Ana Paula de Araujo | Adaptação Rebecca Nogueira Cesar

Gravidez

Alguns exercícios são indicados para grávidas

Foto: Caio Mello

Mamãe maromba

Mulheres podem – e devem – se exercitar durante a gravidez. “A atividade física ajuda a prevenir dores e doenças ao longo da gestação, além de auxiliar no controle de peso”, afirma Gizele Monteiro, personal gestante (SP).

Exercícios também ajudam a combater depressão pós-parto, diabetes, hipertensão gestacional e inchaço. A intensidade deve ser de leve a moderada, variando de acordo com a condição física da mulher. “Um treino moderado para quem sempre foi ativa será intenso para uma sedentária, por exemplo”, explica Gizele.

A partir do segundo semestre, quando incômodos no quadril e nas costas costumam surgir, é importante pegar mais leve. Se você sempre correu, pode continuar com o costume (com o ritmo reduzido, é claro) até o terceiro trimestre. No caso da musculação, a carga deve ser diminuída progressivamente – e nada de agachamentos e abdominais! “Forçar a região abdominal pode comprimir vias sanguíneas importantes para a mãe e o filho”, ressalta a personal.

Passe longe, ainda, de modalidades de grande risco, como mergulho, e atividades de alto impacto, que aumentam o risco de quedas e choques. Portadoras de hipertensão e diabetes gestacionais devem permanecer em repouso.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 314