Benjamin Cano Planès conta seu processo de emagrecimento em entrevista à CORPO. Connfira!

Texto: Redação | Foto: Divulgação



Benjamin chegou ao Brasil em 2009, natural de Toulouse, na França, se mudou com o companheiro e sócio para o país, onde trabalha no ramo imobiliário.

Quando o casal decidiu adotar um filho, Benjamin largou todas as atividades físicas, e devido a outros problemas pessoais engordou 12 quilos em 2 anos.

“Não estava mais me suportando, mas ao mesmo tempo estava sem motivação e sem vontade de perder peso.”, relembra o francês.

A virada na rotina e na saúde, veio com um despertar e uma olhada no espelho.“Um belo dia eu acordei com imagem tão ruim de mim que foi procurar uma clínica com endocrinologista e nutricionista para iniciar a perda de peso”.

Benjamin encontrou através de conhecidos a nutricionista Luna, e ela o entendeu perfeitamente. Iniciou então uma dieta, em que momento algum sentiu fome ou frustração. E ainda diminuiu o consumo de uma de suas paixões: o vinho. Outra paixão são os frios, e esses, Benjamin teve de cortar de vez.

“Me surpreendi em largar vinho, eu como francês tomava vinho em todas as minhas refeições. Agora bebo somente aos finais de semana”.

Em paralelo a dieta, Benjamin foi acompanhado pelo sócio de sua nutricionista, o endocrinologista, Tostes.

O endocrinologista foi quem o ajudou a iniciar a perda de peso, pois segundo Benjamin, era preciso ver resultados de imediato para continuar e ter motivação.

Tostes então receitou Saxenda, também conhecido como Liraglutida e Benjamin perdeu 2 quilos no primeiro mês de acompanhamento. E quase 2 quilos a cada mês, durante 6 meses. Assim, Benjamin alcançou a primeira parte do objetivo: perder os quilos adquiridos.

A segunda etapa é estabilizar o peso e não voltar a engordar. Segundo Tostes, o corpo tem mais um menos um ano para entender que o peso atual de Benjamin (69 quilos) é seu novo peso de rotina e assim não lhe enviar mais sinais de engordar novamente.

Com a motivação pela perda de peso e a fim de obter o resultado da segunda etapa, Benjamin decidiu voltar a fazer atividade física. De 2 a 3 vezes por semana, o francês nada no mar de Copacabana junto a um clube de natação. O nado sempre foi seu esporte preferido e uma rotina de academia não lhe agrada tanto, como acontece com muitas pessoas.

“Sempre tive corpo definido então para mim chegar a pesar 82 quilos foi um pesadelo! Se sentir novamente bem com seu corpo, dá novamente muita confiança, melhora a autoestima e me senti novamente lindo”.