Benefícios do Ballet Fitness Treino sob medida

Veja os benefícios do ballet fitness, confira uma entrevista exclusiva com Betina Dantas, criadora do método, e saiba quais famosas aderiram à modalidade

Por Rebecca Nogueira Cesar

Ballet Fitness

Ballet Fitness seca e define o corpo

Foto: Divulgação

Muitas mulheres não gostam de fazer musculação, mas querem ter um corpo definido. Para elas, uma ótima opção para manter o corpo em forma e tonificado é o Ballet Fitness, modalidade que combina os movimentos do balé com exercícios fitness.

As aulas já conquistaram famosas como Karina Bacchi, Laura Neiva, Grazi Massafera, Flavia Alessandra, Sheron Menezes e Carol Magalhães

Betina Dantas, criadora do método, encontrou na aula um modo de superar uma contusão no tornozelo e a aversão à musculação, mantendo o corpo lindo e definido.

“Eu decidi criar esta aula após uma contusão no tornozelo, que me forçou a parar as aulas de ballet por um bom tempo. Como odiava musculação, senti que meu corpo foi perdendo a definição e ficando flácido. Decidi usar os movimentos do ballet ao meu favor e criei o Ballet Fitness, pois eu sabia e sentia no corpo como os movimentos e exercícios do Ballet malhavam. Comecei estas aulas para as mães e foi um sucesso. De lá pra cá fui estudando, me dedicando e construindo uma aula com exercícios específicos para cada parte do corpo. Como também sou educadora física, isso me ajudou bastante na formatação das aulas”, revela Betina.

Dantas foi adaptando as aulas, e colocandoriando exercícios para malhar o corpo todo. “Pensava assim: qual exercício do Ballet trabalha os glúteos? Então eu montava uma sequência de pliês com agachamentos. Como sempre achei lindo um glúteo redondinho e empinado e uma barriga sequinha, minha aula tem muito foco nisso, então é um sucesso! Falo que é aula para o biquíni...”, conta.  

Hoje a aula já conta com mais de 1.000 exercícios, todos mesclando o Ballet e o fitness. Os abdominais, por exemplo, são feitos com exercícios de perna do Ballet Clássico. O balé melhora a postura corporal, trabalha os músculos do corpo, aumenta a flexibilidade e a agilidade, melhorando a coordenação motora e a autoestima. A musculação e os exercícios fitness ajudam a torrar calorias e tonificar o corpo.

“Os principais benefícios do ballet fitness: são gasto calórico elevado, melhora na postura e alinhamento corporal, trabalho de força e resistência muscular e cardiovascular, desenvolvimento da flexibilidade e coordenação motora”, explica Jessica Ouverney, instrutora da BodytechCompany.

Porém, uma coisa não substitui a outra. "Apesar de ser uma aula super completa devemos considerar que o treino de musculação. Visto todos os benefícios fisiológicos, é interessante que o aluno não deixe de treinar com pesos e sim pratique ambas as atividades, uma como complemento da outra”, revela Jessica.

Segundo a profissional, a melhora da postura está entre os principais resultados alcançados a curto prazo. A perda de peso, otimização dos movimentos, coordenação motora e ganho de força aparecem a médio prazo.

“Todo o corpo é trabalhado durante a aula. Na barra os exercícios específicos do ballet ajudam a dar ênfase nos membros inferiores e no solo a ênfase maior é no abdôme e membros superiores. Mas devido a grande gama de exercícios também podemos trabalhar membros superiores na barra e inferiores no centro da sala através dos agachamentos”, explica Ouverney.

Veja a entrevista com Betina Dantas, criadora do método:

Como é uma aula de Ballet Fitness?
Diferente da aula convencional, a metodologia mescla passos técnicos do Ballet Clássico (barra) aliados à exercícios específicos de fitness, como agachamentos, abdominais e flexões (barra e chão). O grande foco é o aumento no número de repetições dos passos e no tempo de isometria e sustentação muscular nos exercícios. Todo dia crio uma aula diferente. Uma aula nunca é igual à outra e isso ajuda a fugir da mesmice e monotonia. Fazer todo dia a mesma sequência cansa e desestimula qualquer um. 

Quais são os principais benefícios?
O Ballet Fitness ajuda a trabalhar a postura e deixa o corpo longilíneo. A aluna melhora o tônus muscular, a flexibilidade, a respiração e o equilíbrio. Além de adquirir agilidade, músculos alongados, alinhamento corporal, força abdominal e lombar, também trabalhar com a memorização.  A aula dura 1 hora e é muito intensa. São circuitos entre a barra e o chão, sem descanso. Benefícios morfológicos: definição muscular e emagrecimento (oxidação de gordura). Benefícios funcionais: flexibilidade, resistência muscular e condicionamento cardiorespiratório. 

Os resultados são absurdos e surpreendentes, pois a aula mescla o aeróbio com o anaeróbio, trazendo força e ao mesmo tempo leveza e graciosidade como poucas modalidades conseguem! É uma aula "power" que trabalha bastante com o cardiovascular, promovendo a queima de calorias e consequentemente perda de peso.

Por ser uma aula muito dinâmica (tipo circuito e "estações" de exercícios), a aluna consegue resultados incríveis no físico. Esta técnica constrói um corpo diferenciado e esculpido, tonificado, elegante e flexível. As músicas animadas ainda melhoram o bem estar e a autoestima.

Uma aula para quem está no nível avançado, pode gastar até 794 calorias em apenas meia hora. Além disso, é um menor desgaste, quando comparada a outras modalidades. A modalidade ainda queima gorduras e diminui o estresse.

Para quem é indicado?
Esta aula abrange quem nunca fez Ballet e sempre teve vontade (sugiro aulas de Personal antes de iniciar as aulas em grupo), e também as bailarinas que pararam o Ballet e não tem mais aquele tempo de se dedicar às aulas e ensaios exaustivos e longos. Há ainda bailarinos profissionais que precisam de um fortalecimento muscular incrível para os ensaios.

É bom já ter um condicionamento físico. É indicada também para quem já tem base de ballet e/ou fez algumas aulas, mesmo que há alguns anos. Quem pretende começar a minha aula, indico ter um conhecimento básico de ballet para acompanhar o ritmo e saber os nomes dos passos.

Existe algum tipo de restrição?
Na existem contra indicações absolutas e sim relativas. Para tanto, a sensibilidade do professor no cuidado com os alunos, é fundamental. Desta forma uma aluna com qualquer problema no joelho, por exemplo, não executará um grandpliê na sua máxima amplitude e/ou não fará algumas posições específicas do Ballet clássico que possam ser prejudiciais.

*Especialistas consultadas: Betina Dantas, criadora no método Ballet Fitness; Jessica Ouverney, instrutora da BodytechCompany

Famosas que praticam o Ballet Fitness





.
Leia Tamb�m
Comente!


Os coment�rios s�o pessoais e n�o refletem a opini�o da Corpo a Corpo.