A vaidade, porém, ele garante que é na medida, sob a justificativa de “elevar a autoestima”. Confira!

Texto: Redação | Foto: Márcio Pereira/ Divulgação


Muitos pensam que as tendências são apenas nas roupas, mas os cabelos são essenciais para qualquer transformação. Que o diga o colunista de celebridades Marcelo Bandeira, que tem 43 anos e é da geração que está aberta para receber de bom grado as novidades do mercado masculino de beleza, que cresce a passos largos. Fios brancos, por exemplo, fazem com que ele invista mesmo no assunto, sem pudores. Cliente do hair stylisyt Italo Saliccio, do salão Jacques Janine Chácara Flora, na zona sul de São Paulo, o rapaz está sempre atento às novidades e não abre mão de um "momento de qualidade de vida”. 
  
Um dos tratamentos não invasivos que aderiu foi a aplicação da toxina botulínica. Mas garantiu à versão digital de Corpo a Corpo que não tem nada a ver com parecer jovem. Marcelo quer mesmo é manter a aparência saudável e descansada. “Parafraseando Oscar Goldman, do antigo seriado Cyborg, ‘você pode ser tornar um homem muito melhor do que é, mais forte, mais rápido e hoje em dia, mais bonito’”, disse, aos risos, enquanto era atendido pelas biomédicas Carmen Vinagre e Fernanda Pozzi, da clínica paulistana 4YOU Biomedicina Estética.
  
Mas não é só. Marcelo Bandeira também destacou a caminhada como ótima aliada nesse processo todo, já que melhora o nível do condicionamento físico e ajuda na perda de peso. “Além de fortalecer os músculos das pernas e dos glúteos, ela reduz a pressão sanguínea, os níveis de colesterol no sangue e o risco de doenças cardíacas, diabetes e estresse. Só não estou praticando nesses últimos dias porque estou no período pós-operatório de uma colecistectomia, mas feliz com o resultado da intervenção cirúrgica”, detalhou o influenciador digital, minutos antes de agradecer e marcar o perfil do Instituto EndoVitta e do renomado gastroenterologista Eduardo Grecco nas redes sociais.