O dia de encarar os 15km da São Silvestre chegou. E agora? Confira quais são os ajustes finais para se dar bem na prova!

Texto Yara Achôa | Adaptação Ana Paula Ferreira

Aposte nestes detalhes para arrasar na São Silvestre!

Foto Escala Imagens / Fabio Mangabeira

Começou a contagem regressiva para a São Silvestre e você provavelmente já está se preparando para a prova. Mas e quando chegar o grande dia? 

Para você se organizar direitinho e não esquecer de nada importante, listamos 7 ajustes finais indispensáveis para te deixar mais que preparada para encarar a corrida. Confira!

1. Horário 

A largada acontece às 9 da manhã. Programe-se para chegar com uma hora de antecedência ao local da prova para ter tempo de se aquecer, guardar seus pertences e entrar no clima. Para evitar estresse com trânsito e estacionamento, prefira utilizar o transporte público.

2. Roupas e tênis 

Deixe tudo preparado no dia anterior, inclusive o número de peito pregado na camiseta. Não use nada que não esteja acostumada, principalmente tênis. "Eles devem ter bom amortecimento e terem sido usados pelo menos em dois ou três treinos longos antes da prova. Use viseira ou boné e protetor solar", aconselha César de Oliveira.

3. Hidratação 

Nos dois dias que antecedem a São Silvestre, procure se hidratar com dois a três litros de água ao longo do dia. Durante a prova, beba um copo de água em todos os postos de hidratação (a cada três quilômetros) e um copo de isotônico no posto que estiver disponível (geralmente mais para o final da corrida), desde que esteja acostumada com a bebida.

4. Alimentação

Evite comidas gordurosas nos dois dias que precedem a corrida e aumente as porções de carboidratos (massas, pães, batata, arroz) nas refeições, para estocar energia. "No diada prova, evite o consumo de alimentos ricos em fibras, leite, iogurte, queijos amarelos e frios gordurosos para evitar desconfortos gastrointestinais", diz a nutricionista Fernanda Garcia, de Santos (SP). E não coma mais do que está acostumada. "O café da manhã deve ser feito duas horas antes da largada", sugere o treinador da MPR. Durante a prova, consuma um sachê de carboidrato em gel a cada 40 minutos, de preferência, com água.

5.  Percurso 

Os primeiros quatro quilômetros são em descida e costumam animar o corredor. Mas o ideal é largar com calma - até porque a quantidade de pessoas é enorme. Use esse início como aquecimento, poupando-se para as dificuldades que virão. "O maior desafio, a subida da Brigadeiro, está quase no final da prova, por volta do quilômetro 12. Se você treinou direitinho, no entanto, não há o que temer: vá em ritmo confortável do início ao final da subida", ensina César.

6. Descanso 

Por conta da ansiedade, pode ser que você não consiga relaxar na véspera da São Silvestre. "Isso não vai atrapalhar. Mas é importante ter dormido bem nas noites anteriores. Diminua a intensidade das atividades no período noturno e não use nenhum medicamento que induza ao sono", aconselha o treinador.

7. Mentalize sua trajetória 

Lembre-se de tudo que você treinou,  da disciplina que teve com a preparação, tanto dentro quanto fora da pista. "Corra feliz e agradecida. Simplesmente encarar um desafio como a São Silvestre já faz de você uma vitoriosa!", conclui Milena. 

Quer conferir o guia completo para se preparar para a São Silvestre? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!