Você sabia que o excesso de treino pode causar prejuízos à saúde? Por isso, fique atenta e sempre conte com a orientação de um profissional especializado para recomendar o treinamento ideal

Karine César | Adaptação Kelly Miyazato

Mantenha a saúde em dia ao praticar atividade
física de forma equilibrada
Foto: Caio Mello

1. Queda no rendimento
Para cada tipo de estímulo, nosso organismo necessita de um tempo de recuperação para responder positivamente a tal treinamento. “Ao negligenciar esse descanso, o processo se inverte e o desempenho fica prejudicado”, explica Pollyana Takao, professora de musculação da Bodytech (SP).

2. Aumento da pressão arterial e dos batimentos cardíacos
O estresse prolongado causa essas alterações, geradas pela maior atividade do sistema nervoso simpático.

3. Insônia, alteração do humor e maior sensibilidade à dor
Todos decorrentes do desequilíbrio de neurotransmissores cerebrais, como a diminuição dos níveis de serotonina (conhecido como hormônio do bem-estar).

4. Sistema imunológico baixo
Uma sobrecarga aliada a uma alimentação desregrada pode levar o corpo a reduzir sua proteção, deixando a pessoa mais suscetível a infecções.

5. Lesões
Com o aumento do volume e da intensidade, são as articulações, principalmente dos joelhos, dos ombros, dos tornozelos e do quadril, que sofrem. Os músculos não conseguem absorver a carga e a coordenação fica prejudicada.

Revista Corpo a Corpo | Conteúdo extra ed. 299