Se você pratica exercícios físicos e fica em dúvida na hora de fazer o alongamento, fique atenta às recomendações para realizá-lo com segurança

Por Kelly Miyazato

Alongamento: antes ou depois dos exercícios
Foto: ShutterStock

Alongar o corpo deve ser um hábito diário. O movimento de “esticar” os músculos traz diversos benefícios. De acordo com Isaias Lemes, professor da Bio Ritmo Academias, se a ideia for realizá-lo antes de correr, pedalar, nadar ou fazer musculação, não existe nenhuma contraindicação, porém, não deve ser feito com intensidade alta  e somente com o objetivo de despertar o corpo. Alongar previne lesões, mas este efeito é conquistado a longo prazo, e deve ter uma assiduidade tanto quanto um treino de musculação.

"No caso de inciantes, o ideal é procurar alternar os dias entre musculação e alongamento para ajudar na recuperação, recomenda.

Lemes  explica que o alongamento melhora a amplitude de movimentos, ajuda na recuperação muscular pós-treino, reduz o estresse, mas não deve ser feito de forma aleatória. "Estudos dizem que o alongamento antes e após algumas atividades físicas pode gerar lesões por ser um estímulo muscular diferente. Quando bem orientado, o alongamento prepara o corpo e deve ser feito o mais próximo possível da atividade. Assim como o treino de força precisa de continuidade e frequência, para que os resultados possam ser notados. Vale ressaltar que os músculos mais alongados propiciam melhor rendimento nos demais treinos", conclui.

 

*Agradecimentos ao Isaias Lemes, professor da Bio Ritmo Academias.