O exercício traz diversos benefícios, entre eles, a tonificação muscular, melhora no trabalho cardiovascular, aprimoramento do equilíbrio e ainda ajuda a eliminar de 200 a 500 calorias. Confira!

Texto: Estela Lopes | Foto: Reprodução/ Instagram

Não é de hoje que as aulas diferenciadas vem ganhando cada vez mais espaço no mundo fitness. E diante tantas inovações e mudanças, o queridinho da vez é o Ballet Fly Bungee!

LEIA MAIS: 
Eletroestimulação: nova queridinha do mundo fitness
5 dicas para curtir as festas juninas sem enfiar o pé na jaca
8 dicas para não fugir da dieta durante a Copa

Criado por Letícia Marchetto, bacharel e licenciada em dança, movimento e educação física, a modalidade une dança, acrobacias aéreas e ainda traz aspectos do espírito radical do jump. O praticante é preso por cordas elásticas resistentes e flexíveis que permitem saltar, andar e realizar manobras pelo espaço.

Para quem tem medo, pode ficar sossegado! O corpo fica sustentado em uma cadeira especial, somente os pés ficam em contato com o chão, dando liberdade para realizar os movimentos.

Além de toda interatividade que chama atenção, o exercício traz diversos benefícios, entre eles, a tonificação muscular, melhora no trabalho cardiovascular, aprimoramento do equilíbrio e ainda ajuda a eliminar de 200 a 500 calorias.

“O desafio cardiovascular é intenso e o esforço necessário para realizar tantos movimentos faz com que o praticante queime cerca de 500 kcal por aula, podendo chegar em até 700 kcal, dependendo da intensidade da dança”, assegura Letícia Marchetto.

Ainda de acordo com a Letícia, a aula foi criada especialmente por poder associar o espírito radical do Jump com a expressividade dos movimentos do Ballet Fly, deixando a aula ainda mais atrativa e dinâmica. 

Vale lembrar que o método é seguro, os alunos são acompanhados por instrutores a todo momento e as aulas podem ser feitas individualmente ou em grupos.

Quer saber mais sobre saúde, fitness e bem-estar? Assine nossa revista e a receba mensalmente.