Pegar sua bike e encarar uma prova é, sim, possível! A seguir, você encontra dicas valiosas para concluir o percurso

Texto Cáren Nakashima | Adaptação Ana Paula de Araujo

Dicas para arrasar em provas de ciclismo

Anote essas dicas, pegue sua bike e #partiu prova de ciclismo!

Foto: Shutterstock

No próximo dia 25 de outubro o Brasil será palco pela primeira vez de uma das provas de ciclismo mais respeitadas do mundo. Será em Cunha (SP), o L’Étape Brasil by Le Tour de France. Com percurso de 112 km e 2.870 m de altimetria, é perfeita para atletas amadores e amantes do ciclismo viverem as sensações que os profissionais experimentam. Quer encarar algo do tipo? Então siga as dicas:

1.    Revise a sua bike: “A relação de marchas deve ser para provas de longa duração, que exigem o equipamento correto. Principalmente pelas subidas, as marchas são o principal fator a se observar”, alerta Fernando Cheles, graduado em Esporte e membro da área técnica e de operações do L’Étape Brasil (SP).

2.    Prepare-se para as subidas: posicionamento e musculatura específicos são exigidos. “Treine pedalar em aclives para acostumar o corpo ao tipo de esforço”, avisa Fernando.

3.    Treine fazer curvas: provas em estradas montanhosas têm curvas nas descidas. “Posicione o corpo à frente, apoiando bem o peso no guidão, evitando que a roda dianteira deslize”, ensina o expert. Posicione o pedal de dentro da curva para cima, evitando que ele bata no solo.

4.    Proteja-se: roupas para diferentes temperaturas, com tecido tecnológico e design ergonômico, são fundamentais, assim como a proteção solar, mesmo em dias nublados. Segundo Fernando, você pode completar o arsenal com capacete com viseira e óculos com proteção UVA e UVB. “E evite treinos entre 10h e 14h”, adverte.

5.    Abasteça-se: mantenha-se sempre hidratada e alimentada. “Provas assim começam cedo e podem durar até oito horas”, lembra Fernando. Para isso, o “tanque” precisa ser constantemente reposto para recuperar sais minerais, glicose, carboidratos e proteínas. Leve com você água, oleaginosas, frutas secas, biscoitos, barrinhas...

Texto Cáren Nakashima | Adaptação Ana Paula de Araujo

No próximo dia 25 de outubro o Brasil será palco pela primeira vez de uma das provas mais respeitadas do mundo. Será em Cunha (SP), o L’Étape Brasil by Le Tour de France. Com percurso de 112 km e 2.870 m de altimetria, é perfeita para atletas amadores e amantes do ciclismo viverem as sensações que os profissionais experimentam. Quer encarar algo do tipo? Então siga as dicas:

1.     Revise a sua bike “A relação de marchas deve ser para provas de longa duração, que exigem o equipamento correto. Principalmente pelas subidas, as marchas são o principal fator a se observar”, alerta Fernando Cheles, graduado em Esporte e membro da área técnica e de operações do L’Étape Brasil (SP).

2.     Prepare-se para as subidas Posicionamento e musculatura específicos são exigidos. “Treine pedalar em aclives para acostumar o corpo ao tipo de esforço”, avisa Fernando.

3.     Treine fazer curvas Provas em estradas montanhosas têm curvas nas descidas. “Posicione o corpo à frente, apoiando bem o peso no guidão, evitando que a roda dianteira deslize”, ensina o expert. Posicione o pedal de dentro da curva para cima, evitando que ele bata no solo.

4.     Proteja-se Roupas para diferentes temperaturas, com tecido tecnológico e design ergonômico, são fundamentais, assim como a proteção solar, mesmo em dias nublados. Segundo Fernando, você pode completar o arsenal com capacete com viseira e óculos com proteção UVA e UVB. “E evite treinos entre 10h e 14h”, adverte.

5.     Abasteça-se Mantenha-se sempre hidratada e alimentada. “Provas assim começam cedo e podem durar até oito horas”, lembra Fernando. Para isso, o “tanque” precisa ser constantemente reposto para recuperar sais minerais, glicose, carboidratos e proteínas. Leve com você água, oleaginosas, frutas secas, biscoitos, barrinhas...

Revista Corpo a Corpo | Ed. 320