A capa de agosto da Corpo a Corpo foi estampada por Giovanna Lancellotti. A atriz de 18 anos fala sobre a vigilncia com o peso, as mudanas na alimentao e o treino puxado que a fez enxugar 8kg

Reportagem: Fabiana Gonçalves
Realização: Tomaz Pinto Souza
Cabelo e Make: Júnior Mendes

Giovanna admite estar sempre vigilante com a balança

Giovanna admite estar sempre vigilante com a balança

Foto: Nana Moraes

Parece que Giovanna Lancellotti nasceu para viver Cecília, em Insensato Coração. Nem ela imaginava que seu primeiro personagem na TV - e no horário nobre - tivesse tamanha repercussão. E não estamos falando apenas de mais um rosto bonito na telinha. E isso, diga-se de passagem, ela o tem. Estamos falando de talento, mesmo. Afinal, quem vê a jovem atriz de 18 anos contracenando com atores mais experientes como Marcelo Valle, Beth Mendes e Deborah Evelyn, seus pais e avó na novela, nota a desenvoltura da moça.

Além do sucesso na carreira, Giovanna revela como consegue manter a silhueta enxuta, apesar das dificuldades de morar sozinha, não saber cozinhar e fazer quase todas as refeições fora de casa. "É muito difícil, pois encontro tentações calóricas por todos os lados", entrega. "E outra, sou louca por chocolate. Se tenho uma cena difícil para fazer, só me acalmo com uma barrinha", revela, rindo.

Vigilante da balança
Apesar de não se considerar neurótica por dieta, Giovanna admite que na adolescência chegou a pesar 8 quilos a mais do que pesa atualmente, o que é muito para ela, que mede 1,58 m. "Por mais que eu tenha facilidade para perder peso, o inverso é recíproco e muito mais comum", admite a atriz, que está com 52 quilos, mas tem a meta de eliminar esses 2 quilos remanescentes. "Para conseguir secar, eu sei que preciso me dedicar mais aos exercícios aeróbicos, que, no meu caso, é o trote intercalado com a corrida", revela.

Giovanna afirma que o ritmo das gravações tem prejudicado a sua rotina de exercícios físicos, em que tenta correr durante uma hora, três vezes por semana. Com o final das gravações, a atriz admite que só consegue ir à academia fazer musculação, no máximo, três vezes por semana. "Mantenho o foco nas pernas, no abdome e no bumbum. Mas não faço exercícios de hipertrofia. Quero apenas definir, por isso, realizo em média três séries de 10 a 12 repetições para cada movimento. E, no máximo, dois por grupo muscular", confessa a morena.

Grande desafio
Como mora sozinha desde os 15 anos, quando veio estudar teatro na capital paulista, seu maior desafio sempre foi o de se alimentar melhor. Morando no Rio há um ano, ela admite que só toma o café da manhã em casa e que o restante das refeições continua sendo na rua. "Minha mãe prepara algumas comidinhas congeladas que adoro, e vou consumindo aos poucos. Mas como ultimamente ela tem vindo pouco para o Rio, não estou tendo esse privilégio. Tento me controlar quando como na rua, mas é bem difícil", lamenta a atriz.

Giovanna Lancelotti

Louca por doces e fast-foods, Giovanna também conta com a

ajuda da médica ortomolecular Heloisa Rocha (RJ)

Foto: Nana Moraes

Louca por doces, chocolates e fast-food, quando está no Projac (RJ), a atriz consegue manter as tentações à distância e faz refeições mais saudáveis. "Dou preferência a carnes grelhadas, arroz integral, verduras e legumes", explica. Agora, quando sai para comer lanches, apesar da dor na consciência, entrega-se ao pecado

Ajuda esperta
Há dois meses, Giovanna frequenta a clínica da médica ortomolecular Heloisa Rocha (RJ), onde faz acompanhamento nutricional e tratamentos estéticos. "Não consigo seguir uma dieta específica. Primeiro, porque faço a maior parte das refeições na rua e, segundo, porque não gosto de programar o que vou comer. Quero olhar as opções e escolher", pondera. Seu objetivo nas consultas é aprender a fazer escolhas mais saudáveis e, ao mesmo tempo, associá-lo à perda e manutenção do peso. "Desde então, me sinto muito mais disposta para trabalhar. E não é para menos, eu fiz várias mudanças. Por exemplo, eu não gostava de beber água, agora me policio e carrego uma garrafinha na bolsa", conta.

Doces pela metade
A saída que a atriz arrumou para evitar um maior consumo de alimentos gordurosos é dividir as porções. "Eu prefiro fracionar a passar vontade", admite, rindo. Mas, utiliza-se da tática apenas quando quer comer um lanche ou um prato mais elaborado.

Se tem algo que ela não reparte é o brigadeiro, sua maior tentação. "Posso não saber cozinhar, mas o meu, modéstia à parte, é maravilhoso! Sempre tenho leite condensado e chocolate em casa para quando estou com TPM. Esse é o período mais difícil para eu controlar a vontade pelo doce", revela a atriz.