Saiba como substituir o sal por temperos mais saudáveis e benéficos ao corpo

Por Rebecca Nogueira Cesar

Temperos

Alguns temperos podem substituir o sal e são bem mais 

saudáveis

Foto: Danilo Tanaka

O consumo excessivo de sal pode causar problemas como pressão alta e edemas.

Segundo os especialistas, o indicado é consumir no máximo 4g de sal por dia, o que equivale a suas colheres de café rasas.

Além disso, é preciso tomar cuidado com alimentos ricos em sódio como embutidos, enlatados, conservas, sopas e temperos prontos. No mercado, opte pelos alimentos industrializados com menos de 100mg de sódio. Para isso, fique atenta com as embalagens!

Segundo a nutricionista Paula Castilho, o sal pode ser substituído por temperos como alho, salsa, coentro, cebola, cebolinha, manjericão, tomilho, orégano, limão e louro, que além de dar gosto especial às comidas, ainda trazem muitos benefícios para a saúde.

Confira os benefícios dos temperos que podem substituir o sal:

Alho: Clareia a voz nas rouquidões, remove mucos e pigarros. Na gripe, ajuda a eliminar secreções respiratórias e induz a sudorese, diminuindo a febre, fermífugo. Ajuda a prevenir a arteroesclerose e abaixar a pressão arterial. O alho é extremamente diurético e ajuda a remover a gordura fazendo com que o organismo não a absorva completamente. Pode ser utilizado na forma de óleo que tem recomendação de 60-100mg/ dia ou Bulbo seco, 2 a 4g, 3 vezes ao dia.

Canela: Altamente estimulante, acelera o metabolismo, indicada nas sensações de frio, gripe, impotência, flacidez, reumatismo artrites e hematomas. Contra indicada em casos de diarréia. A canela tem o poder de tirar a vontade de comer doce. Aqui vai uma receita para quem quer emagrecer, porém não consegue abrir mão do doce. Dica: corte ao meio uma banana na vertical, coloque apenas um fio de mel e polvilhe com canela. Deixe no microondas por apenas 10 segundos e delicie-se.

Cebola: Limpa as secreções respiratórias, melhora dores articulares, antidepressiva, antioxidante, antiinflamatória, diminui cáries, e ajuda a abaixar o triglicérides. Cuidado com a cebola crua em excesso, pois podem agredir o estômago. Caso haja sensibilidade, use na forma de caldos. Use nas saladas na forma in natura, refogada em preparações cozidas ou assadas ou na forma de caldos para sopas.

Limão: tem propriedade antiinfecciosa, muito utilizados para gripes e resfriados de repetição, pode ser utilizado tanto na forma de sucos como na forma de chás. Ele também é utilizado para infecção urinária, pois cria um meio impróprio para a sobrevivência da bactéria no trato urinário. O limão ajuda no emagrecimento. Tomar 01 copo de limão com água pela amanhã ajuda na performance e qualidade corporal por não ter efeito catabólico.

Receita de suco para ajudar na digestão e no emagrecimento: 02 limões, 01 fatia grossa de abacaxi e 01 folha de couve. Coloque 150ml de água. Tome 30 minutos depois da refeição.

Tomilho: Antiseptico, ajuda na prevenção e cura de problemas respiratórios, reduz o colesterol,  tem antioxidantes que protegem contra o envelhecimento das células. Garanta uma pele mais bonita e saudável. Utilize nos temperos, principalmente em alimentos consumidos crus como a salada.

Manjericão: Antiviral, auxilia no tratamento de cataratas, diabetes, câncer, antibiótico, acelera a cicatrização da pele, protege contra desconfortos intestinas. Pode ser utilizado na forma in natura, pós e chás. As folhas frescas, secas ou em pós, são tomadas após as refeições ajudar na digestão. O extrato pode ser utilizado aplicando diretamente nas lesões causadas pela acne, seu antibiótico acelera a cicatrização.  Em forma de pó, deve-se tomar meia colher de chá, 3 vezes ao dia, após as refeições. Se for me forma de chá, colocar 01 colher de sopa da folha seca para meio litro de água e tomar durante o dia. Garanta um intestino mais saudável e uma pele mais jovem. 

Salsa: Utilizada para problemas de circulação e retenção de líquidos, celulite, distúrbios da bexiga, anemia, inapetência, esgotamento físico, desequilíbrio endócrino feminino, insuficiência cardíaca e renal. Acalma os distúrbios digestivos, beneficia a digestão e distúrbios da tireóide. Pode ser utilizado in natura, em forma de pastas ou em chás. Pode comer 3 folhas de salsa antes das principais refeições, ajuda a tirar as toxinas do seu organismo. Na forma de pasta, pode fazer um patê de salsa utilizando um maço e água suficiente para que dê para bater no liquidificador e ficar na consistência de patê. Tempere com azeite e passe sempre em pães, torradas, pode ate mesmo ser colocado para molho de saladas ou complemento de preparações cozidas como o arroz. Melhora a celulite e retenção hídrica.

Orégano: altamente antioxidante, combate o envelhecimento, e é antibactericida, antiinflamatório, estimulante, além de aliviar dores, ajuda na digestão, sedativo, diurético, expectorante. O tempero pode ser usado no preparo de pães, vegetais marinados, abobrinha, couve-flor, carne assada e peixes.