Descubra o porquê dos grãos serem tão importantes na dieta, quais ajudam a emagrecer e como incluí-los no cardápio

Por: Caroline Sarmento

Semente de chia

A chia é o melhor grão para incluir na dieta e conseguir uma melhora no emagrecimento
Foto: Shutterstock

De acordo com Anna Bordin, médica com prática ortomolecular da Clínica Bertoloni (SP), os grãos trazem benefícios para o corpo, dieta e podem auxiliar nas diminuição do peso, entre outros problemas de saúde.

“Os grãos são indicados para quem tem sobrepeso, obesidade, prisão de ventre, colesterol, celulite ou para quem está em busca de uma alimentação saudável. A melhor forma de consumi-los é adiciona-los em frutas, saladas, iogurtes ou sopas. Em relação à quantidade, recomendo uma colher de sopa em cada refeição" , explica a especialista.

Anna destaca a chia quando o assunto é dieta. “O grão não promove picos de insulina no sangue, facilita o aproveitamento da glicose pelas células e evita que o açúcar fique sobrando na circulação. A chia é rica em ômega 3, que combate a inflamação, ajuda na perda de peso e deixa o metabolismo mais eficiente, além de reduzir o colesterol ruim e triglicérides”, indica Anna.

A chia é uma fonte de fibras que aumenta a saciedade, pois torna a digestão mais lenta e ajuda na desintoxicação do organismo por regular o trânsito intestinal. Conheça os grãos que fazem bem à saúde, dieta e descubra como incluir cada item no cardápio:

Linhaça (100 g equivalem a 450 calorias)

A linhaça é rica em fibras, regula o intestino, diminui a ansiedade e a inflamação em células de gordura. “Uma das finalidades da linhaça é a de ocupar o espaço no estômago e impedir que seja esvaziado rapidamente. Sem contar que as fibras existentes no grão também estimulam a produção de hormônios ligados à saciedade, que avisam ao cérebro que a barriga está cheia”, comenta a médica com prática ortomolecular Anna Bordini.

Dica para incluir na dieta: adicione em frutas, sucos, iogurtes e até em refeições, sendo salpicadas na comida. Antes de consumi-la, triture as sementes, guarde em potes de vidro bem fechados e conserve na geladeira durante três dias. “Outra dica é a de germinar as sementes de linhaça. Deixe-as de molho por 24 horas num recipiente com água. Em seguida, bata-as no liquidificador até formar um gel que deve ser guardado na geladeira em um pote por até 5 dias. Este gel pode ser usado em sucos, vitaminas e sopas”, completa a especialista.

Farinha de feijão branco (100 g do grão equivalem a 38 calorias)

A farinha de feijão branco possui uma proteína de reserva chamada de faseolamina. Quando ingerida, a proteína inibe a digestão do carboidrato e retarda a absorção de açúcares no sangue, além de melhorar o aspecto da pele.

Dica para incluir na dieta: o feijão branco pode ser triturado e consumido como farinha. Ingira uma colher de café antes do almoço, diluída em uma pequena quantidade de água. Mas, tome cuidado para não exagerar na dose. O feijão branco contém toxinas que se consumidas em excesso (mais de 100 ml de farinha diluída) podem provocar diarréia e gases.

Quinoa (100 g equivalem a 398 calorias e 1 colher de sopa equivale a 70 calorias)

O grão é fonte de proteína, carboidratos, vitaminas, minerais, aminoácidos e cálcio. A quinoa é rica em fibras e ajuda no funcionamento intestinal, reduz a absorção de lipídeos, diminui os sintomas da TPM, fonte de vitamina E, D e do complexo B.

Dica para incluir na dieta: insira na preparação de folhas refogadas, igual ao preparo de couve ou espinafre. O grão também pode ser cozido com o arroz e temperado em saladas, ou no preparo de sopas. A farinha da quinoa pode ser usada para preparar mingaus, pães, pudins, massa para panqueca e biscoitos.

Chia (1 colher de sopa equivale a 70 calorias)

A chia é uma semente mexicana que tem um sabor parecido com o de nozes, podendo ser encontrada em forma de grão, óleo ou farinha. De acordo com Anna Bordin, a composição do grão ajuda perder até 3 kg em dois dias. Além disso, chia ajuda a controlar a pressão, melhorar o humor, auxiliar no tratamento de câncer de mama e reduzir diabetes.

Dica para incluir na dieta: o grão pode acompanhar os sucos ou se preferir pode comer uma colher de sopa antes do almoço e outra antes do jantar.

Amaranto (100 g equivalem a 260 calorias)

O amaranto é um cereal que auxilia na perda de peso, reduz o nível de colesterol no sangue, é rico em cálcio e fortalece os ossos. Além de combater o envelhecimento precoce da pele, é uma fonte de cálcio biodisponível (melhor absorção no organismo).

Dica para incluir na dieta: os flocos podem ser processados para transformá-lo em farinha. Troque a farinha branca pelo amaranto em suas receitas. Mas, lembre-se que o ideal é consumir uma colher de sopa por dia.

Painço (100g equivalem a 130 calorias)

Da mesma família de grãos do arroz e milho, o painço contribui no processo digestivo, ajuda a manter a resistência dos ossos e age no controle de absorção de glicose. O grão pode ser consumido diariamente, até duas colheres de sopa.

Dica para incluir na dieta: o painço deve ser cozido em água fervente e servido igual ao arroz. Fique atenta: o consumo exagerado pode causar diarreia e leva ao ganho de peso.