Você sempre fica em dúvida se deve ou não cortar o carboidrato da dieta para perder peso? Então, veja a opinião do especialista para emagrecer de forma saudável e sem correr o risco de provocar o efeito sanfona

Por Kelly Miyazato

Um prato saudável deve conter carboidratos,
proteínas, legumes e verduras
Foto: Danilo Borges

Quem deseja perder peso rápido está disposta a se submeter a qualquer dieta restrita que tenha resultados. Entretanto, essas dietas que prometem perder 5 kg em duas semanas contam com alguns vilões que podem colocar a saúde em risco e até provocar o efeito sanfona.

Algumas dietas excluem do seu cardápio o carboidrato, que são responsáveis em fornecer nutrientes energéticos para o organismo. “Muitas pessoas cortam o carboidrato durante a noite por acreditar que esse é um método eficaz para perder peso mais rápido. Mas, assim que se corta o carboidrato o organismo começa a gastar a energia reserva e, por isso, a maioria das pessoas que seguem esse tipo de dieta reclama de cansaço, má qualidade de sono e indisposição”, afirma André Veinert – nutrólogo da Clínica Heatlhme – Gerenciamento de Perda de Peso.

Segundo Veinert, a falta do carboidrato no dia a dia também provoca um desequilíbrio no organismo. “A partir do momento que é excluído da alimentação e depois ele é reintroduzido novamente no cardápio o indivíduo sofre uma alteração no organismo que pode até levar o ganho de peso rapidamente”, explica.

O que realmente emagrece é a redução das calorias no dia a dia e não restringir nenhum alimento.

“Pular as refeições também não é recomendado. O ideal é se alimentar várias vezes ao dia para driblar a fome. Durante as refeições procure não beber muito líquido, beba água pelo menos uma hora antes de fazer a refeição”, sugere o nutrólogo.

Equilíbrio nos alimentos
A alimentação de quem deseja perder peso precisa ser equilibrada em relação ao carboidrato e proteínas. “Um prato saudável deve conter carboidratos, proteínas, legumes e verduras. Enquanto os carboidratos oferecem energia ao organismo, a proteína contribui para o crescimento dos músculos, a verdura para o funcionamento do intestino e os legumes que são ricos em minerais e vitaminas que auxiliam na reposição do cálcio e no bom funcionamento da visão, entre outros benefícios”, esclarece o Dr. André.

Se você quer emagrecer de forma saudável, não deixe de consultar um médico para que ele elabore um plano de emagrecimento de acordo com as suas características. Essa é uma boa maneira de conseguir um emagrecimento rápido sem prejudicar a saúde.

 

*Agradecimentos ao André Veinert – nutrólogo da Clínica Heatlhme – Gerenciamento de Perda de Peso.