Sal e sódio não são exatamente a mesma coisa. Entenda qual a diferença entre os dois!

Texto Vand Vieira 

Sempre leia o rótulo dos produtos para saber se o que

você vai consumir é sal ou sódio / Foto Shutterstock

Apesar de ser um mineral essencial para o organismo, em excesso, o sódio pode levar à hipertensão e à retenção de líquidos (alô, celulite e desconforto!). A Sociedade Brasileira de Cardiologia recomenda que o consumo diário da substância não ultrapasse 1.600 mg – o que equivale a 5 g (ou uma colher de café) de sal de mesa. 

Sim, porque sódio e sal não são exatamente a mesma coisa. “O sal de cozinha é composto por sódio e cloro”, diz Amanda Calegari, coordenadora do curso de nutrição do Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio, em São Paulo. “O sódio é empregado isoladamente em diversos outros produtos, que não necessariamente são salgados”, completa. O segredo, portanto, é não confiar no paladar e ler o rótulo para saber quanto do mineral o item contém.

Quer tirar mais dúvidas sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!