Estudo feito nos Estados Unidos apontou que eliminar muito peso em um curto período de tempo não é uma boa estratégia

Texto Vand Vieira | Adaptação Ana Paula Ferreira

 ideal é estabelecer como meta uma perda de 5 a 10% do peso atual por mês

Foto Shutterstock

Perder muito peso em pouco tempo não é uma boa estratégia, indica pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais, nos Estados Unidos. 

Após analisar 14 ex-participantes do reality show de emagrecimento The Biggest Loser, da TV americana, Kevin Hall, especialista em metabolismo e autor do estudo, notou que a maioria deles recuperou os quilos eliminados no programa. A conclusão é de que essa alteração drástica e repentina confunde o organismo, que, então, luta para revertê-la. Resultado? Uma fome incontrolável causada pela queda dos níveis de leptina, hormônio supressor de apetite.

“O ideal é estabelecer como meta uma perda de 5 a 10% do peso atual por mês, investindo na prática de exercícios e reeducação alimentar (sem seguir cardápios super restritivos)”, recomenda Renato Zilli, endocrinologista de São Paulo.

Quer saber mais sobre perda de peso? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!