Algumas dicas simples (e criativas) da época da vovó ainda são úteis nos dias de hoje. Aposte em truques simples

Dicas de beleza da época da vovó

Na época da sua avó, ainda não existia tanta tecnologia e, mesmo assim, as mulheres conseguiam

ficar bonitas. Inpire-se nos truques das mais velhas
Foto: Danilo Borges

 

Use vegetais sobre a pele: eles podem melhorar a sua aparência. “A batata crua, cortada, pode ser esfregada nos olhos para amenizar inchaços e olheiras. É só deixar a fatia por cinco minutos sobre a pele e depois trocar por uma nova. Outra dica do fundo do baú é guardar a água de cozimento do repolho, que pode funcionar bem, quando armazenada em uma garrafa na geladeira, como tonificante. A água de cozimento do espinafre, da couve e do brócoli pode ter o mesmo fim”, informa Cristine Carvalho, dermatologista e diretora do Centro de Dermatologia e Estética (CDE).

Abuse dos grampos: as avós são grandes fãs dos grampos para cachear e/ou alisar o cabelo. Além de modelá-lo, os grampos são uma ótima maneira de reduzir a quantidade de calor do secador que você precisa usar nos fios para arrumá-los.

Passe vaselina nas mãos: ela é um dos melhores hidratantes oclusivos, ou seja, formador de um filme protetor com função de barreira, conhecido para os seres humanos. O ideal é passar o produto nas mãos e nos pés antes de dormir. E para não sujar as fronhas de seda novas, coloque luvas de plástico após a aplicação. Além de deixar a pele lisinha como a de um bebê, o uso do produto também é a maneira mais barata e eficaz de amenizar os calos dos
dedos dos pés.