Mista, oleosa, ou seca? Veja qual é o tratamento adequado para o seu tipo de pele

Reportagem: Lela Malzone

Antes de cuidar da cútis adequadamente, é essencial saber qual é o seu tipo de pele: mista, oleosa ou seca. Faça o teste,  descubra qual é o seu tipo de pele e aposte no tratamento ideal para ela. 

 

Pele mista

mista

Segundo os especialistas, a pele mista é a mais comum entre as brasileiras
Fotos: Danilo Borges / Realização: Tomaz Souza Pinto

Dicas para melhorar a pele 

Limpe o rosto duas vezes ao dia! Primeiro ao acordar e depois à noite, para dormir. Isso ajuda a eliminar oleosidade, poluição e até mesmo resquícios dos cosméticos usados ao longo do dia. O importante é fazer a higienização para evitar o acúmulo de resíduos dentro dos poros faciais, o que facilita o aparecimento de acne. Ao lavar o rosto, use um sabonete específico para pele mista ou oleosa somente nas regiões que produzem mais quantidade de sebo. Na hora da hidratação e na prevenção anti-idade, fique com os cremes oil-free. Se o hidratante diurno não possuir FPS, lembre-se de aplicar um protetor solar oil-free depois.

Cuidados básicos


Sem dúvida, o principal problema é o fato de a oleosidade ser diferente em cada região do rosto. As bochechas, por exemplo, possuem pele normal, enquanto o resto produz uma quantidade maior de sebo. E é justamente por isso que a pele mista não deve ser tratada com os mesmos cuidados de quem tem tez oleosa. Se isso for feito, o problema da zona T fica resolvido, mas a região das maçãs do rosto corre o risco de ficar ressecada. O contrário também vale: “Usar produtos muito emolientes, para peles secas, em uma pele que tem pontos oleosos irá deixá-la com aspecto de suja e propicia o aparecimento de cravos”, explica Silvia de Mello, dermatologista do Núcleo de Saúde e Beleza da Clínica Ivo Pitanguy (RJ).