Especialista revela quais tipos de alergia têm cura e como é o tratamento. Confira!

Texto Redação Corpo a Corpo | Adaptação Rebecca Nogueira Cesar

Alergia

Alguns tipos de alergia possuem tratamentos

Foto: SXC

Alergia tem cura?

Nem todas as doenças alérgicas podem ser tratadas com vacina, a chamada imunoterapia, é o que sugere uma das descobertas apresentadas no último congresso realizado pela Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI).

“O tratamento consiste na identificação dos antígenos – agentes causadores dos sintomas alérgicos – e, por meio de testes, o médico dilui concentrações crescentes desses antígenos, que são aplicados por um período de dois a três anos, criando a tolerância”, explica José Carlos Perini, presidente da ASBAI. Conheça as alergias que podem ser curadas:

Sinal verde

Segundo José Perini, as vacinas funcionam contra todas as alergias respiratórias e a picadas de insetos, assim como as alimentares. “Em ambiente hospitalar, o paciente recebe diariamente quantidades muito diluídas e crescentes do alimento causador de suas alergias, até tolerar a ingestão sem crises. Já é possível dessensibilizar pessoas alérgicas a leite e clara de ovo”, diz.

Sinal vermelho

“Já a urticária, a alergia a medicamentos e de contato (intolerância a bijuterias, por exemplo) não podem utilizar-se da imunoterapia, pois não têm um mecanismo de sensibilização mediado pelo anticorpo IgE, ao contrário das que podem ser tratadas”, detalha o médico. Somente exames laboratoriais podem detectar as alergias corretamente.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 316