Empresária Luana Fiennes, de 37 anos, contou à CORPO como faz para manter o corpo em forma e cuidar de três filhos, marido e trabalho

Texto: Estela Lopes | Fotos: Arquivo Pessoal

Ser mãe e manter o corpo em dia não é uma tarefa nada fácil. É preciso ter muita força de vontade, foco e determinação. Apesar da correria do dia a dia, a empresária Luana Fiennes, de 37 anos, também conhecida como Dama Fitness, garante que é possível sim manter o corpo em forma, mesmo com tantas obrigações de mãe, esposa e empresária. 

Leia Mais: 
Pesquisa aponta que Gin é o drink da dieta
Dois tratamentos estéticos imperdíveis para o corpo no inverno
Pão Low Carb: receita simples preparada com ovo e sem farinha

Em entrevista à CORPO, Luana contou que organização e planejamento são fatores primordiais para conciliar as tarefas e que foram essenciais para muitas conquistas, entre elas o seu corpo. 

“Na minha rotina de treinos incluo HIITs, (Treinamento Intervalado de alta intensidade), Trabalho de definição muscular funcional com acessórios como halteres, fitball, bands, entre outros) e Pilates onde trabalho fortalecimento da musculatura profunda do corpo e flexibilidade”, contou. 

Mãe de três meninos, ela começa seu treino após às 7h, horário que deixa seus filhos na escola e o marido vai trabalhar. O local do treino varia de acordo com sua disponibilidade: academia, sala de casa, no prédio e até mesmo ao ar livre. 

Aos finais de semana, ela e seu marido sempre incluem atividades físicas em família, entre elas piscina, bicicleta e esportes. 

Por ser especialista em Pilates há 11 anos, certificada pela PMA Pilates e formada na Espanha e Inglaterra, a empresária desenvolve sozinha seus treinos, mas aconselha que é essencial o acompanhamento de um profissional da área. 

“É possível sim nos mantermos saudáveis, ativas e cheias de energia, não importa a idade, quantos filhos tenha ou quão corrida seja sua vida! Basta planejamento, organização e determinação! Uma estratégia que uso e ensino minhas alunas também é aproveitar o domingo para organizar e planejar a semana. As prioridades, compras, marmitas saudáveis, etc”, revelou.

Questionada sobre sua alimentação, ela afirma que se permite sim comer tudo o que gosta como massa, pizza e vinho, mas de forma equilibrada. 

“Já vivi fases em que minha alimentação era super restrita, sem gorduras ou carboidratos e eu não era saudável nem feliz, pois sofria distúrbios alimentares e nem assim tinha o corpo que gostaria”, contou. 

“Hoje aprendi a conhecer meu corpo e a me alimentar da forma que me traz mais energia para meu dia dia corrido e atarefado! Afinal hoje não cuido só de mim, preciso estar bem para cuidar dos meus filhos, do marido, da casa, dos estudos e de 14 mil alunas!”, concluiu.

Quer saber mais sobre saúde e bem-estar? Assine nossa revista e a receba mensalmente.