Confira os cuidados necessrios para conquistar o bronzeado perfeito, em todos os tons de pele, evitar rugas, queimaduras e at mesmo cncer de pele

Reportagem: Kátia Neves
Realização: Tomaz Souza Pinto

Bronzeado certo

Produtos com proteção solar são fundamentais para quem quer conquistar um
bronzeado bonito e uniforme
Foto: Danilo Borges

 

Com a chegada do verão, começa mais uma maratona: a busca pelo bronzeado perfeito. Uma pele dourada, sem manchas de sol e descacados é preferência nacional. Segundo Luciana Conrado, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SP), para se bronzear é preciso que haja algum grau de agressão à pele, nesse caso, causada pela luz do sol. “A pele só muda de cor, escurece (se bronzeia), porque, após sofrer a agressão dos raios solares, ela responde com algum grau de inflamação e, ao final desse processo, ocorre a liberação de melanina, o pigmento que dá a cor”, explica a médica.

A produção de melanina depende do fototipo de cada um, ou seja, da cor, sendo que a pele mais clara produz menos melanina e a mais morena é capaz, naturalmente, de produzir mais. “Portanto, a tez que produz mais melanina (morena) responde melhor a qualquer exposição ao sol, bronzeando mais rápido”, complementa. Na prática, significa que o ideal é se proteger bem para evitar queimaduras, não descascar e manter uma cor bonita por mais tempo. O bronzeamento deve ser feito de maneira gradual e sempre com proteção, principalmente nos primeiros dias, pois a ação dos raios no estímulo da melanina só ocorre 48 horas depois da primeira exposição.