Praticar exercícios ao ar livre é uma delícia, mas exige cuidados com o sol. Saiba como escolher o protetor solar ideal para fazer outdoor sem prejudicar a pele

Texto Vand Vieira | Edição Giuliana Cury | Adaptação Ana Araujo

Protetor solar para fazer exercícios ao ar livre

Esses protetores solares são ideais para quem pratica exercícios físicos ao ar livre

Foto: Divulgação

Tudo bem que ter sempre uma academia perto de casa ou do trabalho facilita a vida, mas a prática de exercícios ao ar livre continua ganhando adeptos. Seja para uma volta de bike, uma corrida no asfalto ou um treino no parque à la Mahamudra Team, o fator de proteção solar (FPS) mínimo também é 30 – 50, de preferência, para peles claras, lembra?

O escolhido: loção resistente à água

Aplique esse protetor solar uniformemente em cada canto do corpo, mais ou menos uns 20 minutos antes de sair de casa. “É o tempo que a pele precisa para absorver bem o produto”, esclarece Claudio Wulkan. A reaplicação deve ser feita a cada duas horas ou assim que você sentir que a toalha que está usando para secar o suor removeu o filme protetor formado sobre a pele.

Dica!

Protetores solares resistentes à água podem não ser tão eficientes na piscina quanto são na praia ou contra a transpiração. É o que afirma um estudo publicado no International Journal of Cosmetic Science. A justificativa é de que a água tratada com cloro compromete o desempenho desse tipo de fórmula porque consegue desintegrar alguns de seus componentes essenciais.

Experimente:

1. Sport FPS 30, Coppertone, R$ 33. Desenvolvido especialmente para formar uma película transparente que não escorre sobre os olhos durante o exercício.

2. UV Défense 365 Total FPS 50, L’Bel, R$ 65. Não pesa e oferece alta proteção UVA/UVB.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 324

Assine já a CORPO e garanta 6 meses grátis de outro título