Novos aplicativos de celular ajudam a monitorar o sono e avaliar a qualidade

Texto Livia Valim | Adaptação Rebecca Nogueira Cesar

dormir

Aplicativo ajuda a monitorar a qualidade do sono

Foto: Shutterstock

Monitore o sono com o celular

Está na moda aplicativos que analisam sua noite de sono. Basta deixar o celular na cama antes de dormir, ao seu lado, e os sensores detectam os movimentos.

Quando existe bastante movimentação, estamos acordados ou pegando no sono. Sem movimentação indica sono profundo ou sono REM (quando sonhamos). “Os aplicativos ajudam a entender melhor sua noite de sono e tomar medidas para melhorá-la”, defende Ângela Beatriz Lana, otorrinolaringologista especialista em medicina (SP).

Alguns até possuem música relaxante para ajudar a engatar no sono e um despertador suave e progressivo.

Claro que quando o problema é mais sério e não pode ser resolvido com pequenas mudanças de hábito, é preciso procurar um especialista para fazer exames mais detalhados. “Pontualmente é útil para se determinar o tempo de sono e anotar se você está acordando bem ou mal. Mas ele não consegue diagnosticar distúrbios como apneia e síndrome das pernas inquietas”, explica Alfredo Lara Gaillard, otorrinolaringologista especialista em medicina do sono do Hospital CEMA, em São Paulo. 

Revista Corpo a Corpo | Ed. 315