Conversamos com uma terapeuta floral e aromaterapeuta que trouxe algumas dicas. Confira!

Texto Redação | Foto Pexels

Os óleos essenciais oferecem infinitos benefícios para a pele do corpo e para a mente, mas também podem ser uma ótima opção de tratamento natural para o cabelo. Existem diversos óleos essenciais e cada um agrega de alguma forma. A terapeuta floral e aromaterapeuta Marcia Rissato esclarece quais são os tipos mais indicados para cada caso e revela receitinhas para colocar em prática:

Para cabelos sem brilho e com pontas duplas: O óleo essencial de alecrim possui ativos que proporcionam o brilho que o cabelo precisa e o óleo essencial de gerânio é ótimo para evitar pontas duplas. Em um frasco de 300 ml de Argan coloque 3 gotas de alecrim e 3 gotas de gerânio. Pingue algumas gotas da mistura na mão e espalhe nas pontas do cabelo. O uso deve ser diário.

Para ter fios longos e fortes: Aqui também vai o óleo essencial de alecrim, graças aos seus ativos que estimulam a microcirculação do couro cabeludo estimulando a nutrição e o crescimento. Em casa, misture três gotas do óleo essencial de alecrim e quatro gotas do óleo essencial de manjericão, que ajuda no crescimento, em 100ml de xampu neutro.

Para se ver livre da oleosidade: Quem tem cabelo oleoso pode investir no óleo essencial de hortelã, que é rico em minerais e ácidos graxos. As propriedades antissépticas e antimicrobianas deste óleo facilitam na hora de manter o couro cabeludo limpo e livre de oleosidade. Já o óleo essencial de lavanda ajuda a equilibrar a oleosidade natural do couro cabeludo e o óleo essencial de cedro equilibra o pH. Misture 100 ml de xampu neutro com 4 gotas de óleo de lavanda, 3 gotas de cedro e 4 gotas de hotelã-pimenta. Os resultados já são evidentes na primeira semana de uso.