Ajuste o ritmo da sua caminhada e consiga melhores resultados na perda de gordura

Correr na praia

Para emagrecer, o ritmo da sua caminhada deve ser progressivo
Foto: ShutterStock

Ao realizar um trabalho aeróbico, é preciso prestar atenção na frequência cardíaca pessoal. É aconselhável trabalhar a frequência cardíaca entre 65 e 75% da frequência cardíaca máxima. E para alcançar essa frequência, a velocidade da caminhada depende do preparo de cada um. Pessoas mais preparadas demoram mais para alcançar esses números.

Quem quer baixar o porcentual de gordura corporal, deve começar com caminhadas com velocidade confortável e por tempos não muito longo. Contudo, se ao longo do tempo a pessoa manter a mesma velocidade e duração, o exercício começa a perder o efeito.

Após certo tempo de realização do mesmo exercício, o corpo se adapta e, no caso de pessoas que querem perder peso ou melhorar seu desempenho, os treinos devem ser diferentes, para que o corpo não fique condicionado a apenas uma metodologia de treino.

Pessoas com condição física baixa, consideradas sedentárias, não conseguem, muitas vezes, realizar uma caminhada (7 km/h) rápida, pois nesta velocidade há um grande aumento da frequência cardíaca, e o atleta pode apresentar casos de cãibras, falta de ar, entre outros.

Para que o resultado seja obtido, é necessário que haja uma continuidade no trabalho realizado, com exercícios diários e empenho. Portanto, a caminhada pode ser feita diariamente, desde que sejam aplicadas variações durante os treinos, tanto de tempo quanto de velocidade.

* Texto elaborado pelo personal trainer Filipe de Lima Eler, da academia  CTB Academia.