Uma boa noite de sono depende de uma série de fatores. Por isso vamos dar 8 dicas preciosas para te ajudar a dormir melhor

Texto Ana Araújo | Adaptação Ana Paula Ferreira

A hora de dormir é um momento sagrado para o corpo e deve ser respeitado como tal.

Foto: Shutterstock

Ter um sono caprichado depende de uma série de fatores – desde como anda sua saúde até o jeito como você prepara o quarto para o descanso. A seguir, veja 8 dicas preciosas para conseguir dormir bem: 

Faça um checkup 
Verifique se você não sofre com distúrbios como apneia do sono, bruxismo e síndrome das pernas inquietas (que faz você mover os membros inferiores involuntariamente). Eles interrompem o sono, prejudicando drasticamente a qualidade.

Regule a temperatura do quarto
Se o ambiente estiver muito quente ou frio, o corpo não adormece de verdade. O número de graus varia de pessoa para pessoa – o importante é que esteja agradável para você, ok?

Use a cama apenas para dormir
Levar comida, trabalho e até os pets para ela fazem com que o corpo a relacione a diversas atividades, prejudicando o momento de descanso. Vá para o leito apenas quando realmente estiver com sono.

Evite tv, notebook e celular
A luz que esses aparelhos emitem atrapalha a produção de melatonina, que só acontece no escuro.

Fuja de barulhos
Os sons mantêm o organismo em estado de alerta, impedindo que ele chegue à fase de sono profundo, responsável pela reparação. Aqui, entram desde o ruído da televisão até o latido do cachorro do vizinho.

Faça um diário de preocupações
Coloque no papel tudo o que tem que fazer no dia seguinte, até assuntos sentimentais (como aquela DR que você vem adiando). “Ao anotar, tiramos aquilo da cabeça, impedindo que a ansiedade a acorde no meio da noite”, ensina o médico Geraldo Lorenzi Filho, diretor do Laboratório do Sono do Incor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas), em São Paulo.

Acerte no cardápio
Nada de cafeína seis horas antes de ir para a cama, nem de jantar e deitar em seguida. “Para promover o sono é indicado consumir alimentos com alto índice glicêmico, como banana e batata-doce, e fontes de triptofano, como sementes de abóbora, no máximo duas horas antes de deitar”, orienta a médica especialista em sono Luciane Mello, do Rio de Janeiro. Segundo a especialista, dietas ricas em gordura podem influenciar negativamente o período de descanso, enquanto as proteínas melhoram sua qualidade.

Entenda o sono como um ritual
Esse é um momento sagrado para o corpo e deve ser respeitado como tal. Procure dormir e acordar nos mesmos horários, mesmo nos fins de semana, e desacelerar uma hora antes de ir para a cama.

Quer conferir mais dicas? Então corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!