Os dias ficando constrangida por causa daquele cheirinho desagradável estão contados! Aprenda a seguir como se livrar do mau cheiro nas axilas

Texto Vand Vieira | Edição Giuliana Cury | Adaptação Ana Araujo

Saiba como se livrar do mau cheiro nas axilas

Ficar de olho no cardápio é uma das maneiras de se livrar do mau cheiro nas axilas

Foto:Caio Mello

Formado basicamente por água, sais minerais e substâncias tóxicas ou inúteis para o organismo, o suor praticamente não tem cheiro. O que provoca aquele mau cheiro nas axilas é a ação de bactérias e fungos, muito comuns em áreas úmidas e quentes como debaixo dos braços, que se alimentam dessa transpiração e a transformam em ácidos malcheirosos. O problema é tão comum que tem até nome: bromidrose (estava pensando em cê-cê, né?).

Mas o que fazer para que isso não aconteça? Em primeiro lugar, evite usar a mesma peça de roupa várias vezes seguidas. Vale ainda ficar atenta ao que você come. “Alguns alimentos, como alho, cebola, aspargos e repolho, classificados como sulfurados, liberam muito súlfur (enxofre) durante o metabolismo e podem deixar a urina e a transpiração com um odor mais forte”, alerta Cláudia Talan Marin, nutricionista especializada em metabolismo e nutrigenômica, de São Paulo.

Outra boa (e cheirosa) medida é recorrer aos antitranspirantes que, por terem uma maior concentração de substâncias como cloridróxido de alumínio, são mais eficazes que os desodorantes convencionais quando o assunto é barrar o suor obstruindo a saída das glândulas sudoríparas. O desempenho das marcas disponíveis no mercado não está sendo satisfatório? Verifique com seu dermatologista a possibilidade e os riscos de obter uma receita para a manipulação de fórmulas mais potentes.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 324

Assine já a CORPO e garanta 6 meses grátis de outro título