Conheça mais sobre a depressão - doença que afeta 10% da população brasileira e ataca principalmente o público feminino

Por Kelly Miyazato

Por ser um problema psicológico, a depressão torna-se
um tabu a ser enfrentado, já que algumas pessoas
encaram esse transtorno com preconceito
Foto: Shutterstock

A depressão é um dos grandes males da humanidade. De acordo com Maura de Albanesi - psicoterapeuta do Núcleo de Renascimento, estima-se que 10% da população brasileira possui o problema. Mesmo sendo uma patologia comum, há certa dificuldade de diagnosticá-la, pois muitos dos sintomas se confundem com os de outras doenças. "Os sinais são semelhantes àqueles sentimentos inerentes ao ser humano como a indiferença, tristeza e falta de ânimo, dentre outros", comenta.  

Existem pesquisas que relacionam depressão a fatores genéticos, no entanto, Maura pondera: "mesmo que haja uma predisposição genética, as pessoas não reagem de forma igual diante de fatores considerados gatilhos para a doença como, por exemplo, traumas, problemas pessoais, disfunções hormonais, consumo de drogas etc. Não podemos esquecer que ela é, antes de tudo, um problema psíquico", argumenta.

Maura explica que as mulheres tendem a ser mais vulneráveis à depressão, por conta de uma caraterística natural. Os ciclos menstruais, a gravidez, pós-parto e menopausa são processos que desencadeiam uma explosão de hormônios e influenciam diretamente o emocional. "A mulher é invadida por uma espécie de melancolia, um sentimento de vazio, algo que não sabe explicar. Em muitas, isso é passageiro, embora em outras, é mais duradouro", conclui.

 

*Agradecimentos à Maura de Albanesi - psicoterapeuta do Núcleo de Renascimento.