Fique esperta: o mal de Alzheimer ataca muito antes do que a ciência previa (até agora). Saiba mais e se cuide!

Texto Ana Paula de Araujo

Alzheimer pode se desenvolver 18 anos antes dos sintomas

Alzheimer pode se desenvolver 18 anos antes dos sintomas

Foto: Danilo Borges

Isso pode até parecer distante de sua realidade, mas vale ficar atenta: o desenvolvimento do Alzheimer pode ter início 18 anos antes dos primeiros sintomas aparecerem.

A conclusão veio de um estudo da Universidade Rush (EUA), que acompanhou 2.125 idosos (todos saudáveis e com, no mínimo, 65 anos) durante duas épocas. A cada três anos, eles passavam por testes para avaliar a função cognitiva.

Ao final da pesquisa, 21% dos pacientes tinham sido diagnosticados com a doença. Foi quando observou-se que todos eles sempre apresentaram pontuações mais baixas durante todo o estudo e a pontuação diminuía progressivamente em cada teste.

Os pesquisadores concluíram que, para cada ponto a menos no teste, o risco de desenvolver o mal de Alzheimer aumentava 85%. O estudo foi publicado na revista científica Neurology.