Com a chegada do frio, a corrida passa a ser dentro da academia. Veja algumas dicas para adaptar o treino para a esteira

Por Karine César | Adaptação Rebecca Nogueira

4 dicas para correr na esteira

Alguns dicas ajudam a adaptar a corrida para a

esteira no inverno

Foto: Shutterstock

Com a chegada do frio, caminhar ao ar livre já não é tão convidativo como no verão. A saída, então, é optar pela esteira dentro de casa ou na academia.

Michael Thurmond, autor do livro O Milagre da Transformação em 12 Dias (Ed. Best Seller), dá algumas 4 dicas para correr na esteira

 - Com ela é fácil manter o ritmo constante e ficar na zona de queima de gordura por mais tempo. Por isso, não se esqueça de monitorar a frequência cardíaca para saber o ponto exato.

- Comece devagar para se aquecer. Depois de cinco ou seis minutos, saia da esteira para checar os batimentos cardíacos. Para evitar lesões, não tente verificar a pulsação enquanto ainda estiver na esteira. Se os batimentos estiverem lentos, aumente a velocidade. Se estiverem rápidos demais, reduza-a.

- Não incline a esteira. Em vez disso, deixe-a na horizontal. A inclinação pode causar tensão na lombar.

- Para aumentar o gasto calórico, experimente balançar os braços enquanto caminha. Pesquisas mostram que movimentos vigorosos dos braços aumentam em até 50% o potencial de queima de gordura, além de trabalhar a parte superior do corpo.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 282