Confira dez dicas de como melhorar o seu desempenho e evitar lesões em corridas de rua. Saiba mais

Texto Isadora Couto

Melhore o desempenho em corridas de rua

Foto: Caio Mello

Com o passar dos anos, cada vez mais pessoas se tornam adpetas de provas de corrida de rua por todo o Brasil. Porém, a prática deve ser feita com certo cuidado, pois, podem acabar sendo ocasionadas lesões e também o maior gasto de energia durante as atividades. Para evitar esse tipo de aborrecimento, a professora de musculação da Competition, Karoline Soria, selecionou dez dicas que auxiliam na melhora dos novos participantes da modalidade.

Confira: 

1 - Prepare-se para a prova - O ideal é realizar dois treinos intercalados na semana, que são estímulos mais fortes seguidos de recuperação. Esses treinos ajudam a aumentar a velocidade e capacidade respiratória durante a corrida.

2 - Fortaleça a musculatura - O fortalecimento muscular é primordial. A musculação deve fazer parte da rotina dos treinos. Exercícios específicos para melhorar sua mecânica durante a corrida devem ser incluídos, por exemplo, os educativos de corrida e o desenvolvimento da propriocepção.

3 - Descanse - O corpo também precisa descansar, por isso, respeite os dias de recuperação. Após os treinos, alongue-se bastante e, se possível, execute a liberação miofascial com material específico.

4 - Use calçado apropriado - Não realize qualquer prova com tênis novo (faça uma adaptação durante algumas semanas). Se houver tempo, realize também um teste da pisada, ele é fundamental para comprar o tênis específico para suas necessidades. Algumas lojas especializadas já possuem o teste para descobrir se sua pisada é supinada, pronada ou neutra.

5 - Conheça o percurso - Verifique se existem subidas no percurso. Caso tenha, é necessário treinar em aclives.

6 - Deixe tudo pronto para a prova -  Um dia antes, separe tudo o que vai precisar durante a prova. Desta maneira, você evita o esquecimento de itens essências como: relógio, óculos, chip e número de peito.

7 - Alimente-se corretamente - Para manter a energia durante a corrida, o clássico jantar de massas no dia que antecede a prova faz parte da rotina dos corredores. Nunca mude seu café da manhã, pois é nesse contexto que podem ocorrer infortúnios digestivos. Tente se alimentar de 1 a 2 horas antes da largada!

8 - Não esqueça a hidratação - Como cada corpo responde de maneira individualizada, a dica aqui é: cuidado com exageros, mas também evite sentir sede! Para quem está iniciando, água e isotônico suprem a necessidade. O famoso ‘gel’, só é necessário se a duração da corrida superar 50 minutos, mesmo assim, exige adaptações nos treinos para evitar surpresas digestivas desagradáveis.

9 - Não leve peso - Corra com menos peso possível, deixe carteira, chaves e outros objetos em casa! Algumas pessoas gostam de ouvir músicas durante a corrida, mas cuidado com o local em que irá colocar os aparelhos celulares ou sonoros, se estiver no braço, pode atrapalhar a movimentação correta, descubra o lugar mais confortável e curta sua playlist!

10 – Cuidado com a respiração e ritmo - Estar atento a sua respiração e ao seu gesto motor estimula a concentração e maximiza sua performance. Segure o ritmo no início da prova, por mais difícil que seja. A estratégia mais eficaz é aumentar a velocidade progressivamente.