Confira 5 passos para largar o cigarro e parar de vez de fumar

Por Rebecca Nogueira Cesar

Cigarro

Algumas dicas ajudam a largar o cigarro e parar de fumar

Foto: Shutterstock

O tabagismo mata mais de 200 mil pessoas por ano no Brasil, em decorrência de doenças respiratórias, cardiovasculares e câncer de pulmão, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Quando o cigarro é queimado, cerca de 4 mil substâncias, sendo 60 delas cancerígenas, são liberadas. A nicotina é a principal responsável por causar a dependência química, pois libera uma sensação de prazer e bem estar quando entra em contato com o organismo da pessoa, diminuindo a ansiedade.

 “O fumante tem 10 vezes mais chances de contrair infecções respiratórias, câncer de laringe, boca, esôfago, pâncreas, rim, bexiga, aterosclerose, AVC, entre outras”, explica Luiz Carlos Corrêa da Silva, coordenador da Comição de Tabagismo – SBPT, e consultor da Netfarma. Segundo o especialista, o tabagismo afeta cerca de 1,3 bilhão de pessoas no mundo.

Confira uma lista com 5 passos para largar o cigarro e parar de fumar de vez, elaborada pelo especialista:

1 – Conscientize-se dos riscos e queira parar – "Esse é o primeiro passo e também o mais importante. Quando a pessoa realmente quer parar de fumar, não importa quantas vezes ela tiver que tentar, ela vai conseguir. É uma questão de tempo.", explica. 

2 – Determine um dia para parar de fumar – "A partir daí, pare. Teve recaída? Volte a parar. Não é porque fumou um cigarro em um dia que terá que voltar a fumar. Tente outra vez, e outra, até conseguir. Não se iluda. Largar de vez é um processo longo e exige determinação. A abstinência dura meses, e para ao menos diminuir seus efeitos, procure um serviço público de saúde ou um profissional especializado em  tratamento do tabagismo, como o pneumologista; as chances de parar de fumar aumentam muito quando um especialista acompanha este período . E os benefícios para a saúde vão se somando – a tosse e o pigarro vão diminuindo até desaparecer por completo.", afirma Luiz Carlos

3 – Substitua o cigarro por hábitos saudáveis – "petisque pedaços de cenoura crua, vá dar uma volta, masque chicletes sem açúcar, beba água, se distraia. Entre em grupos de ajuda online, leia livros, pratique exercícios, vá caminhar, enfim, faça tudo o que puder para conseguir seu objetivo", incentiva o especialista. 

4 – A abstinência vai passar, e é certeza. Não desanime – "No inicio, é normal surgirem crises de abstinência de cigarro, porém elas tornam-se cada vez mais rápidas e espaçadas até sumirem completamente. totalmente", contou Corrêa da Silva.

5 – Evite bebidas alcoólicas temporariamente – "Assim com as bebidas que possuem cafeína, o álcool estimula a vontade de fumar. Só volte a beber socialmente quando for, de fato, um ex-fumante", alerta. 

Para ajudar algum conhecido a parar de fumar, Rosita Fontes, endocrinologista do Bronstein Medicina Diagnóstica indica cinco passos: converse com a pessoa; faça um planejamento para parar de fumar gradativamente; estimule a pratica de exercícios físicos; ajude a controlar o estresse; e ajuda a pessoa a buscar alternativas para o tratamento.