Você fica em dúvida sobre remover as cutículas na hora de fazer as unhas? Afinal, será que quando tiramos, ela engrossa? Para esclarecer essas e outras questões, consultamos uma especialista que fala sobre os mitos e verdades. Confira!

Por Kelly Miyazato

Conheça 5 mitos e verdades sobre as cutículas
Foto: Divulgação  

Os cuidados com as unhas são essenciais para manter a saúde e a beleza das mãos em dia, não é verdade? Segundo Flávia Martelli, dermatologista e consultora da Netfarma, alguns detalhes expressam e realçam a feminilidade da mulher, mas vale ressaltar que na hora da manicure precisa dar atenção especial à cutícula.

Confira 5 mitos e verdades sobre as cutículas, de acordo com Flávia Martelli

1. Deve-se tirar as cutículas para fazer as unhas
Depende. Pode-se retirar as cutículas desde que seja com cuidado para não machucar as unhas. 

2. Quanto mais tiramos, mais grossa cresce
Mito. A cutícula tem um limite para crescer, assim como os pelos e cabelo. Quem faz as unhas toda a semana tem a impressão de que elas crescem mais rápido, o que não é verdade. 

3. Usar produtos de limpeza sem proteção nas mãos prejudica a cutícula
Verdade. A pele tende a ficar mais ressecada e as cutículas com aspecto áspero. Hidratação é muito importante nesses casos, pois cria uma película protetora contra os agentes nocivos presentes nos produtos químicos.

4. Retirar totalmente a cutícula ajuda no crescimento das unhas
Mito. A cutícula não tem relação direta com o crescimento das unhas. Sua função é basicamente a proteção do aparelho ungueal (unhas e matriz), garantindo que não ocorra a entrada de patógenos, como as bactérias, que poderiam causar infecções. 

5. É possível retardar o crescimento das cutículas
Mito.  Não é comprovado que os produtos possam retardar o crescimento e sim, dá um aspecto mais bonito para as mãos.

 

*Agradecimentos à Flávia Martelli, dermatologista e consultora da Netfarma