Você tenta deixar suas unhas crescerem lindas e saudáveis, mas não consegue?! Então, confira algumas dicas infalíveis!

Texto Redação | Foto Danilo Borges

Esmaltes da moda, cutículas feitas e unhas sempre lixadas não são o suficiente para deixá-las bonitas e saudáveis. A estética também está ligada a saúde e pode ser comprometida se a rotina de cuidados não estiver em dia. De acordo com a instrutora do curso de Manicure e Pedicure, do Instituto Embelleze, Cida Silva, da unidade de Taboão da Serra, é de extrema importância manter uma série de cuidados para evitar problemas, como micoses, enfraquecimento e quebras constantes.

Pensando nisso, Cida separou diversas dicas para quem deseja exibir as unhas fortes e belas. Confira!

1) Alimentação

 

Problemas na saúde do corpo, como falta de vitaminas, proteínas e sais mineiras também são refletidos nas unhas. Percebê-las mais fracas e quebradiças pode ser um alerta para repensar a alimentação. "Nem tudo o que acontece nas unhas só diz respeito a elas, o corpo dá sinais quando sente falta de algum nutriente e essa pode ser apenas a maneira que ele encontrou de pedir suplementação". afirma a profissional.

 2) Tempo para respirar

 

"Existe um grande mito de que é preciso intercalar as idas a manicure com um tempo para as unhas respirarem sem quaisquer produtos, mas a frequência não faz nenhum mal se a saúde das unhas estiver perfeita", aponta a instrutora do Instituto Embelleze.

Portanto, o ideal é que seja constante o uso de hidratantes e fortificadores para unhas e cutículas, em conjunto com os produtos utilizados nos salões de beleza.

 3) Para a hora da remoção do esmalte

 

Um dos produtos mais comuns no mundo para retirar o esmalte é a acetona, porém o seu teor de álcool é um dos grandes culpados por causar danificações nas unhas. Além de proporcionar ressecamento e deixá-las esbranquiçadas, o produto ainda pode ser o motivo de quebras recorrentes. "Já existe no mercado opções de removedores de esmalte sem acetona, que não só oferecem uma fuga desse problema, como também são ótimos hidrantes", indica Cida.

4) Umidade 

É importante secar completamente os pés e as mãos após o banho, porque a concentração de umidade é o ponto inicial para o desenvolvimento de micoses. "A infecção é conhecida por deixar as unhas amarelas, deformadas e grossas e é indicado procurar um dermatologista que indique o melhor tratamento para remoção", explica.

 5) Cutículas

 

A proteção natural das unhas contra bactérias e fungos é a cutícula, portanto a sua completa remoção não é indicada. "Sabemos que há quem não considere as unhas feitas se as cutículas não forem retiradas. Mas, pelo bem da saúde das unhas, é preferível deixá-las aonde estão", finaliza.